Bariloche [clima]

introdução | planejar | clima | chegar e partir | vestir | comer | dormir | deslocar-se | roteiro 6 dias | esquiar | comprar

bariloche 2008

– se desejar ver notas sobre o clima em temporadas de esqui dos anos anteriores, veja artigo: histórico do clima nos últimos anos.
– para ver agora como está a neve (ou a falta de) na estação de esqui de Cerro Catedral, utilize a câmera que transmite fotos online por todo o dia.

– Qual o período com neve em Bariloche?
O clima é uma preocupação básica para quem vai viajar a Bariloche. A pergunta mais frequente que enviam pra gente é: Quando haverá neve em Bariloche? Quando começa a nevar? Quando termina? Uma resposta rápida e sucinta: “Em junho começa a nevar. Em setembro, termina.” O período melhor acontece em julho e agosto. A variação de ano para ano é muito grande. Em junho pode ter muito pouca neve, mais concentrada no alto da montanha. A temporada de 2010 terminou em 10 de outubro, num ano em que a neve foi farta. Em 2015, a temporada de esqui na maior estação – Cerro Catedral – só começou em 1o de julho, devido ao atraso da chegada da neve. Veja o histórico e comparativo da precipitação de neve em Bariloche no site Onthesnow.

A neve é o grande objetivo da viagem a Bariloche. A neve pode começar em maio, mas é pouca. Depois da segunda quinzena de junho, encontrar boa neve é mais provável. Depende da sorte. Pode nevar muito em junho e ficar todo o mês de julho com pouca neve. Os meses em que é mais comum nevar em Bariloche são julho e agosto. Já cheguei no início de agosto e, junto comigo, chegou a neve que estava ausente por quase todo mês de julho. Nem havia mais neve na base da montanha. Tem sido comum nos últimos anos nevar no início de agosto. Na segunda semana de agosto de 2006 caiu uma nevasca tão forte que deixou a cidade de Bariloche isolada. Em 2008, a neve caiu firme na semana de 11 a 15 de agosto. Em setembro, costuma ainda haver neve no alto da montanha, mas as chances de nevar são bem menores. Entretanto, em 2008, ainda nevou bonito no início do mês de setembro. Em 2009, em Bariloche, a neve caiu bem na primeira quinzena de agosto. Chegou a nevar em 3 de setembro de 2009. Resumo da ópera: quando viajamos temos que ter sorte para acertar no clima. Por exemplo: já teve verão no Rio de Janeiro que choveu por todo o mês de janeiro. Quem tirou férias na cidade maravilhosa nessa época se deu mal.

– Previsão do Tempo
O site mais completo sobre a previsão do tempo em Bari identificado por Fernando Milanez, tem estimativas para até 10 dias, é o Foreca. Fique de olho nas atualizações diárias.

– Câmeras em Bariloche
Veja na foto abaixo como estava a bonita neve em Cerro Catedral em 5 de agosto de 2009. Veja como está agora acessando as imagens de uma câmera “on line”.

bariloche 2009

As câmeras online permitem acompanhar como está a neve em Cerro Catedral e na cidade. A câmera da bariloche.com.ar tem uma boa visão de como está a montanha. Para acompanhar a evolução da neve na estação de esqui, acesse o site de Catedral Alta Patagonia. Você pode comparar como está a montanha hoje, comparando com a foto acima, que mostra a montanha coberta de neve em 2009. Note que você só vai ver a montanha pintada de branco a partir das primeiras nevascas, esperadas no final do mês de junho.

Antes do inverno a montanha fica sem neve, como na imagem abaixo, mostrada pela câmera de Cerro Catedral:

bariloche 2013

– Nascer e por do Sol em Bariloche
Comentemos um detalhe sobre os horários em Bariloche. O amanhecer em Bariloche é muito tarde. Acontece depois de 8h da manhã. Isso porque o sol nasce tarde no inverno, quando estamos normalmente visitando a cidade. O outro motivo é que a Argentina manteve a hora de Bariloche igual a de Buenos Aires. Como Bariloche está muito a oeste de Buenos Aires, deveria estar em outro fuso horário para que as horas oficiais da cidade ficassem próximas da chamada “hora verdadeira”. A hora verdaderia de uma cidade é o horário ajustado que faz com que o sol esteja na vertical do lugar ao meio-dia. Como a hora de Bariloche é a mesma de Buenos Aires, há uma distorção que empurra o nascer do sol na cidade para depois de 8h da manhã! E o sol só chega a seu ponto mais alto no céu depois de 13h. Para o turista, o efeito principal é que você vê o sol nascer mesmo acordando razoavelmente tarde e tem um pouco mais de luz no fim do dia, apesar dos dias serem mais curtos devido ao inverno. Tá vendo? Turismo também é cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *