Lake Tahoe [EUA] muitas estações de esqui

conjunto de estações de esqui em volta do belo lago

Lake Tahoe fica na divisa dos estados de Nevada e Califórnia, nos EUA. Para quem reconhece o desenho do estado de Nevada, aquela ponta esquerda do estado é exatamente Lago Tahoe. A melhor forma de chegar é através de um vôo para Reno (Nevada), que fica a uma hora de carro da cidade de Tahoe City. Outra maneira é aterrissar em São Francisco e, de lá, pegar a estrada I-80 que leva à região de Lake Tahoe. Com auxílio das placas de sinalização não é difícil chegar a Tahoe City. Na estrada I-80 há um complexo de outlets na região de Vacaville que vale uma visita. O aluguel de carro nos EUA é procedimento fácil e os preços são accessíveis. Não esqueça de alugar correntes para as rodas para andar na neve. Infelizmente o procedimento de colocar as correntes quando se chega às montanhas não é trivial. Ficar no frio tentando enrolar os pneus em correntes é tarefa desagradável. A melhor opção é alugar carros com tração nas quatro rodas, os 4×4, conhecidos como All Wheel Drive. É realmente um prazer dirigir na neve em veículos 4×4.

Aluguei meu carro na Avis do Aeroporto de São Francisco. O atendimento foi exemplar. Depois de alguns dias, decididos a ir para Lake Tahoe, voltamos à loja para trocar para um com tração nas quatro rodas. Meu contrato não era especial. A Avis simplesmente trocou minha caminhonete pelo modelo 4×4. Sem custo!


Para dormir

Os preços de hotéis variam de US$ 75 até US$ 500. É possível encontrar hotéis em cidades vizinhas, a poucos quilômetros de Tahoe City, como é o caso de Tahoe Vista ou Crystal Bay, que, por sinal, já fica no estado de Nevada, tendo cassinos e hotéis mais arrumados. Na estação de esqui de Squaw Valley, está situado o Resort Squaw Creek com toda a infra-estrutura direcionada para o conforto do esqui na montanha. Uma dica para os que procuram algo simples e de qualidade: o hotel Lake of the Sky Motor Inn, que se situa no final da cidade de Tahoe City, em frente ao supermercado Safeway. Suas diárias oscilam entre US$ 70 e US$ 80 dependendo da época desejada. O hotel possui calefação, televisão, microondas e café da manhã. É uma solução simples e resolve. Usei Expedia.com para reservas e pagamento de hotéis. Funcionou bem.


Para passear

O Lago Tahoe é bonito. Visitar suas margens e apreciar a vista é parte do programa. As florestas cobertas de neve são um atrativo para os oriundos dos trópicos. Quem não esquia pode subir a montanha de Squaw Valley pelo Cable Car até o High Camp. Há um complexo de lazer no topo da montanha com patinação no gelo, restaurantes etc.

Uma sugestão para quem gosta de conhecer cidades é visitar Reno, que fica a uma hora de Tahoe City, conhecer seus cassinos e fazer compras. Reno se diz a “maior pequena cidade do mundo”. Vale uma visita. Outra sugestão é conhecer South Lake Tahoe, cidade que fica no sul do lago e lembra um pouco Tahoe City. Como fica do lado de Nevada, possui cassinos. Também apresenta melhores restaurantes.

Para os esquiadores, Lake Tahoe possui diversas estações a serem exploradas. A mais barata e de melhor qualidade em termos de pistas é Alpine Meadows. Bilhetes de US$ 40 dão acesso a todas as pistas. Os equipamentos para alugar são mais baratos que o normal e de boas marcas. A outra estação, Squaw Valley, que já foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno, atrai público de nível mais alto. A base da estação é um atrativo à parte, com arquitetura que lembra as cidades alpinas, como a charmosa Chamonix. É possível encontrar de tudo: lojas, galerias, cafés, lanchonetes. O ticket para subir na montanha chega próximo aos US$ 100. A qualidade das pistas é boa, mas nada perto do bom custo-benefício oferecido por Alpine Meadows.

  – KK colaborou para este artigo –

Copyright © [Polemikos]. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.