Cidade Velha [Cabo Verde]

voltar ao índice Cabo Verde

A Cidade Velha foi a primeira capital de Cabo Verde. Em verdade, como aponta Sabrina Requedaz em seu livro sobre as ilhas, “Cidade Velha foi nada menos que a primeira vila, da primeira ilha, da primeira colônia portuguesa”. Ela fica a poucos 12 km de Cidade de Praia. Seu lugar privilegiado, no encontro de um cânion com o mar, oferecia condições incomparáveis para o estabelecimento dos primeiros habitantes portugueses. Numa ilha onde a água é escassa, o acesso a fontes de abastecimento foi fator determinante para que a cidade crescesse por ali. O nome original da cidade era Ribeira Grande, referindo-se a grande “ribeira” que atinge o mar naquele ponto da ilha. Só muito mais tarde, em 1652, depois de invasões de corsários ingleses e franceses, o porto mais importante passou a ser o de Cidade de Praia. Os ataques continuaram até que em 1769 o governo foi formalmente transferido para Praia, que dispunha da defesa natural proporcionada pelo platô onde foi construída.

A viagem de carro para Cidade Velha se faz por boa estrada asfaltada no início, passando depois para estrada de pedra de boa qualidade. A paisagem combina a rocha de cor escura, com o verde das árvores e palmeiras, tendo o mar ao fundo.

Cidade Velha

Antes de chegar à cidade, vale visitar o forte São Filipe, no alto da escarpa que domina a embocadura da ribeira. O forte foi construído depois do ataque do pirata inglês Francis Drake à cidade, em 1585.

Cidade Velha

Da beira do forte, tem-se bela vista da ribeira que serpenteia para dentro da ilha. É marcante o contraste entre o seco da encosta e o verde do fundo (chamado Águas Verdes) onde a água aflora abundante e sua captação alimenta a capital, Praia. Na época das chuvas, este cânion fica bem mais verde. Veja foto no site de Marco e Jerusa.

Cidade Velha

Ainda olhando do forte, podemos ver o outro lado do cânion, onde se identifica a cidade de Salineiro, tendo ao fundo o monte de mesmo nome.

Cidade Velha

Lá embaixo, segue o litoral da ilha próximo à cidade. É possível ver casas de pousadas que surgem na região.

Cidade Velha

Na cidade, há para ver as ruínas da Catedral da Sé da Ribeira Grande e o Pelourinho, no centro da pequena praça da cidade, este que é um marco importante para assinalar o grande centro de comércio de escravos que dominava a economia das ilhas.

Mais a frente, seguindo a estrada pelo litoral, surge pequena estrada à direita com a pavimentação de pedra característica, que nos leva a vila de Salineiro. A estrada sobe vertiginosamente e atinge rapidamente o alto do platô. A combinação do plano com as montanhas ao fundo permite-nos boa foto.

Cidade Velha

Chegando a Salineiro, deve-se ir até o final da rua que atravessa a cidade e tomar a direita na direção do cânion. Vale a pena ir até a beira para olhar o fundo do vale tomado de árvores coloridas pela água farta.

Cidade Velha

Seguindo a estrada a partir de Salineiro atravessa-se terreno plano até atingir a serra. Este é o caminho para Rui Vaz, que é comentado em outro artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.